CREA-RS

CREA-RS presente em evento técnico sobre agricultura familiar


Créditos: Arquivo Senge-RS

A necessidade de repensar os rumos da agricultura, das políticas públicas voltadas à agricultura familiar, à atenção necessária às questões de segurança alimentar e suas implicações no desenvolvimento do país. Com esses propósitos, o Senge realiza nessa quinta-feira (7), o 18º Seminário Senge, com o tema “Agricultura e Desenvolvimento – Segurança Alimentar”, no Teatro do Prédio 40 da PUCRS.

Abrindo o evento, o presidente do Senge, Tadeu Rodriguez, destacou a importância do tema que essa edição do Seminário apresenta. Para Rodriguez, trata-se de uma abordagem essencial para a viabilidade e sustentação do desenvolvimento econômico e social do país e especialmente do Rio Grande do Sul. “A segurança alimentar é uma preocupação cada vez mais presente no dia a dia da sociedade brasileira, que deseja e precisa de alimentos em quantidade suficiente e de melhor qualidade. Nesse sentido, nosso Seminário se propõe a debater o tema desde a tecnologia de produção empregada e a importância da assistência técnica”, afirmou, citando ainda como o respeito ao meio ambiente, a geração de renda aos agricultores, a inspeção sanitária e a fiscalização, mercados institucionais para os produtos da agricultura familiar, são conceitos que reforçam a importância do tema para toda a sociedade.

Ainda em relação à importância da agricultura familiar na economia do Rio Grande do Sul, o Rodriguez citou pesquisas que indicam que “o setor contribui com mais de 50% do PIB agropecuário no RS, bem acima da média nacional, que não passa de 33%”, comparou, destacando que da produção familiar provêm até 80% dos produtos básicos que chegam à mesa dos brasileiros. “São, nada menos que, 378 mil estabelecimentos rurais destinados à agricultura familiar no Rio Grande do Sul, que ocupam cerca de 30% da área agrícola do nosso estado, envolvendo mais de 1 milhão e meio de gaúchos.”

Acompanhe o evento. 

O presidente Tadeu Rodriguez, reforçou, ainda, a motivação na realização do evento, que integra as celebrações dos 75 anos da fundação do Sindicato dos Engenheiros e também homenageia o Dia do Engenheiro, celebrado no próximo dia 11.

Na sequência, a segunda vice-presidente do CREA-RS, Eliane Silveira, falou sobre a relevância do tema e a necessidade de pensar o assunto em todos os âmbitos da sociedade. “A agricultura faz parte da cultura das cidades”, enfatizou, desejando um bom evento a todos.

Segunda vice-presidente do CREA-RS, Eliane Silveira

Para o presidente em exercício da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), Carlos Bastos Abraão, o Seminário SENGE também se destaca por se tratar de uma realização capaz de reunir importantes entidades, sendo a parceria entre as instituições algo fundamental para o fortalecimento da representatividade e para o consequente desenvolvimento social.

Secretário da Pesca, Tarcísio José Minetto, aproveitou para agradecer à equipe do SENGE pela realização do Seminário e sua importante contribuição para o desenvolvimento do setor. “Aproveito para parabenizar o SENGE pelos seus 75 anos”, destacou.

Também participou da abertura do 18º Seminário SENGE o secretário nacional de Segurança Alimentar, Caio Rocha, que salientou o papel da segurança a alimentar como algo que extrapola setores. “Segurança alimentar tem a ver com produção, mas também tem a ver com acesso ao alimento. A cada 1 real investido em segurança alimentar – e há estudos que comprovam isso – retornam 16 reais para a saúde. Hoje, há 7 milhoes de pessoas no país que não se alimentam todos os dias”, esclareceu.

Na mesma linha, o secretário de Agricultura do RS, Ernani Polo, enfatizou que a produção de alimentos é uma questão de segurança nacional. “As consequências da falta de alimentos sobre uma nação são graves, são trágicas. E nós vivemos em uma Era m que a atuação de engenheiros agrônomos e ambientais se faz cada vez mais necessária. Então, hoje, a gestão é um fator preponderante para que o agricultor, além de produzir, possa também ter renda. Vivemos nessa Era de eficiência e isso nos mostra que o trabalho dos engenheiros é preponderante nesse cenário”, declarou, por fim, o secretário.

Na sequência, o evento prosseguiu com a primeira palestra da manhã, apresentada pelo professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da UFRGS, Sérgio Schneider.
O Conselho participa com um espaço institucional, junto aos demais apoiadores, com a colega Margarete/Porto Alegre prestando informações sobre as atividades prestados pelo CREA-RS aos profissionais participantes.

Fonte: Senge-RS 

REDES SOCIAIS
  • Disque-Segurança

    0800 510 2563

  • suporte ART

    0800 510 2100

  • Ouvidoria

    0800 644 2100

  • Outros telefones
  • Atendimento Central

    51 3320 2100

Atendimento ao Público

Das 9h15 às 17h45

Não fechamos ao meio-dia.

Rua São Luís, 77 - Porto Alegre - RS

CEP: 90620-170

Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul

by