Notícia

Novos profissionais poderão parcelar anuidade em até seis vezes


Créditos: Marck Castro, Thiago Zion e Vanderlei Pereira/Confea

A Resolução n. 1.066/2015 ganhou novo dispositivo que permite aos Creas parcelarem em até seis vezes o valor da anuidade de profissionais e empresas que se registrarem naquele exercício, desde que a última parcela não ultrapasse o mês de dezembro do ano em questão. Oriunda do Colégio de Presidentes, a proposta foi aprovada por unanimidade dos conselheiros federais de Engenharia e Agronomia na manhã desta quinta-feira (27/5), durante Sessão Plenária.

A leitura da matéria foi feita pelo conselheiro federal Ricardo Lüdke, coordenador da Comissão de Organização, Normas e Procedimentos (Conp), por onde o texto tramitou antes de chegar ao plenário. Ainda pela manhã, a Comissão de Ética e Exercício Profissional (Ceep) pautou outros 92 processos, em sua maioria relativos a profissionais e empresas que infringiram a legislação profissional.

 

Confira a cobertura fotográfica


Mútua
À tarde, o plenário do Confea indicou o eng. civ. Fernando Dacal como substituto legal para completar o período de mandato do diretor-presidente da Mútua, eng. civ. Paulo Roberto de Queiroz Guimarães, que faleceu no dia 10 de maio. Dacal, que é diretor de Benefícios, vinha desempenhando o cargo de dirigente em exercício da instituição. Em agosto, o posto será ocupado pelo eng. agr. Francisco Almeida, eleito no último dia 25 de maio.

Em seu discurso de posse, Dacal agradeceu a confiança. “Sinto-me honrado pela indicação. Vamos continuar trabalhando na mesma linha, dando transparência às informações e atendendo o que é requisitado pelo plenário.” À nova liderança, o presidente Joel Krüger desejou sucesso: “Parabéns e conte com o apoio do Confea”.

Fernando Dacal

Engenharia Florestal
Atento à reportagem sobre exportação ilícita de madeira, publicada pelo jornal O Estadão na semana passada, que citou engenheiros florestais como integrantes de um sistema criminoso de comercialização de madeira, o plenário autorizou a imediata execução de ações institucionais planejadas pela Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia Florestal (CCEEF).

Os Creas dos estados em que ocorreram o fato deverão buscar informações junto à Polícia Federal sobre a possível participação de profissionais do Sistema Confea/Crea no caso. A medida visa averiguar a infração ao código de ética. Na avaliação da CCEEF, os “profissionais envolvidos em esquemas criminosos ou ilícitos devem ser penalizados, inclusive pelo Conselho, evitando generalizações que venham a comprometer a atividade profissional e a profissão da Engenharia Florestal”.

Ainda segundo a coordenadoria, a profissão foi colocada em questionamento, afetando profissionais que trabalham no setor. Nesse sentido, será publicada nota técnica da CCEEF sobre manejo florestal sustentável na Amazônia. O manifesto será encaminhado para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério do Meio Ambiente e Presidência da República. Além disso, será enviado a embaixadas e organismos internacionais.

Fiscalização
Os conselheiros autorizaram a inclusão do item Diretriz Nacional de Fiscalização da Engenharia Florestal e da Agronomia na pauta de 2021 das Coordenadorias de Câmaras Especializadas das duas áreas: CCEAGRO e CCEEF. Com isso, os fóruns terão até a terceira reunião ordinária para apresentar plano de fiscalização, contemplando minuta de acordo de cooperação técnica entre o Confea e o Ibama, órgão responsável pelo Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais (Sinaflor).

Iniciativa similar foi homologada para a Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia Elétrica (CCEEE), que terá em suas diretrizes o item Fiscalização do Serviço Público de Telecomunicações. O prazo para apresentação de proposta de monitoramento é o terceiro encontro ordinário deste ano. 

Aprimoramento
Também foram aprovados os planos de trabalho dos Creas do Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins referentes ao Programa de Desenvolvimento e Aprimoramento da Fiscalização (Prodafisc). O apoio financeiro oriundo do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Sistema Confea/Crea (Prodesu) visa otimizar, com eficiência e eficácia, as ações de fiscalização do exercício e das atividades profissionais, o que inclui estabelecimentos hospitalares. O orçamento aprovado foi o seguinte:

Estado Recursos do Prodesu Contrapartida do Crea Total 
CE R$ 409.275,75 R$ 102.847,70 R$ 512.123,45
RN R$ 111.147,54 R$ 12.349,73 R$ 123.497,27
SE R$ 234.147,47 R$ 26.016,39 R$ 260.163,86
TO R$ 325.407,55 R$ 36.156,39 R$ 361.563,94

GT Nova Lei de Licitações
O Confea contará com um Grupo de Trabalho dedicado a estudar a Nova Lei de Licitações e Contratos. A meta é identificar os impactos da aplicação da Lei nº 14.133/2021 nos procedimentos do Sistema Confea/Crea, em especial na Resolução nº 1.025/2009, que trata da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e do Acervo Técnico Profissional. O grupo terá até dezembro para apresentar sugestão de alteração nos normativos do Conselho, a fim de atender à nova legislação federal. Compõem o GT os conselheiros federais João Carlos Pimenta (coordenador) e Daniel de Oliveira Sobrinho; o presidente do Crea-PB, eng. civ. Antônio Carlos de Aragão; o eng. civ. Fabio Araujo Nodari e eng. civ. Vinicius Benevides.

Alinhamento
Neste ano, o Seminário Eleitoral do Sistema Confea/Crea será realizado nos dias 5 e 6 de julho, em Brasília, de forma hibrida (virtual e presencial). Conforme deliberação do plenário, participarão da agenda coordenadores, coordenadores-adjuntos e assistentes das Comissões Eleitorais Regionais que irão promover pleito em 11 de novembro (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Roraima e Santa Catarina), além dos dez conselheiros da Comissão Eleitoral Federal (CEF). 

Aprovada também a programação do 1º ENARH - Encontro Nacional de Recursos Humanos do Sistema Confea/Crea, previsto para acontecer remotamente nos dias 28 e 29 de junho. O treinamento irá alinhar e padronizar orientações sobre o E-Social, o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas, responsável por unificar o envio de informações referente aos trabalhadores das empresas.

Equipe de Comunicação do Confea

Outras Notícias

NOTÍCIAS

COLUNA SEMANAL

A Coluna Semanal é o newsletter encaminhado todas as sextas-feiras aos profissionais, empresários, estudantes e interessados nos temas da área tecnológica. Colunas Anteriores

FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES AGORA MESMO: