Notícia

Inovação e desenvolvimento são focos da Gestão 2021/2023


Créditos: Arquivo CREA-RS

Presidente eleita em 2020, a Eng. Ambiental Nanci Walter, primeira mulher a ser escolhida pelos profissionais gaúchos para presidir o CREA-RS, está chegando ao final de seu primeiro ano de gestão. “Foi um período de aprendizados e grandes desafios, mas sigo com a mesma disposição do meu primeiro dia no Sistema e com o foco de que olha como profissional.

Desde o primeiro dia à frente desta grande instituição sabia que a responsabilidade era grande e sempre tive uma visão de profissional que tinha muitas críticas, mas também soluções a serem propostas. Tenho minhas responsabilidades e informações como gestora, mas não posso esquecer nunca da Nanci Engenheira”, destacou ela.

A Engenheira ressalta querer melhorar “a engrenagem desta grande máquina chamada CREA-RS”, órgão responsável pela fiscalização e registro profissional para o combate do exercício ilegal das suas profissões. “Melhorar a engrenagem significa aperfeiçoar os serviços prestados para facilitar as atividades dos profissionais, com inovação na área de Tecnologia da Informação (TI), Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e ainda, na defesa do bom profissional”, afirma.

A intensificação das ações para melhorar a imagem institucional do Conselho, envolvendo os profissionais na causa é uma das iniciativas da presidente. Entre suas primeiras ações, abriu processo de contratação de internet para as 44 inspetorias do Rio Grande do Sul. Foram realizadas, também, reformas em quatro locais: na sede de Porto Alegre e nas inspetorias de Taquara, Santa Rosa e Erechim. “O orçamento necessário foi angariado a partir de um convênio do CREA-RS com o Confea, firmado à época que fui coordenadora das Inspetorias, e serviu para qualificarmos nosso atendimento na capital e no interior.”

Diversos programas estaduais também entraram na agenda da instituição ao longo de 2021. Ela cita a adesão como signatário do programa Cresce/RS, o início da implantação do Crea Júnior-RS e a criação do Programa Mulher, que visa a valorização feminina dentro do CREA-RS e das profissões que estão enquadradas neste âmbito.

“Destaco ainda, as atuações parlamentares do Conselho neste ano turbulento. As ações, realizadas em sincronia com o Confea, contaram com a presença simultânea de nove presidentes de Creas em Brasília. Entre as medidas reivindicadas pelo CREA-RS está a manutenção da Lei Kiss na Assembleia Legislativa, evitando sua flexibilização, e no art. 37 da Medida Provisória 1040/2021, que deixava de exigir ART para instalações elétricas de até 140 kVa”, relata.

Outra ação importante foi maior aproximação com as instituições de ensino, com a representação do CREA-RS nas formaturas e as entregas do Mérito Acadêmico. “Além disso, sempre estou à disposição para dialogar com os profissionais. Por isto instituímos o Gabinete Aberto, para que eu possa ouvir as principais demandas dos profissionais”, destaca.

AGILIDADE NOS SERVIÇOS 2021
•    Tramitação de protocolos e emissão de Certidão de Acervo Técnico de 7 para em até 3 dias.
•    Compensação de taxas e Anotações de Responsabilidade Técnica (ARTs) de 24h para em até 30 minutos.
•    Serviços de autoatendimento e canais digitais em todas as Inspetorias com WhatsApp Business.
•    Canais de negociação direta para resolução de pendências junto ao Conselho.

Siga o Conselho nas redes sociais para acompanhar as ações 2021 para valorização profissional.

 

 

Outras Notícias

NOTÍCIAS

COLUNA SEMANAL

A Coluna Semanal é o newsletter encaminhado todas as sextas-feiras aos profissionais, empresários, estudantes e interessados nos temas da área tecnológica. Colunas Anteriores

FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES AGORA MESMO: