Notícia

Bahia sedia reunião nacional da coordenadoria de Geologia e Engenharia de Minas


Encontro finaliza atividades de 2023. Créditos: Arquivo CREA-BA

A reunião nacional das coordenadorias das Câmaras Especializadas de Geologia e Engenharia de Minas encerra um ciclo de cinco reuniões nacionais ocorridas este ano em solo baiano. O evento, que teve início nesta segunda-feira (27) e se encerra na quarta-feira (29), no Hotel Mercure, discutiu entre tantos assuntos temas como atribuição profissional, certidão de Acervo Técnico Operacional, atividades de risco nas modalidades, bem como propostas que atendam os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. O evento contou com a participação do presidente do Crea-BA, Joseval Carqueija, e da conselheira federal suplente, Marjorie Nolasco.

Participaram pelo CREA-RS, as coordenadoras da CEGM, Eng. Minas Janaína Cerutti Munaretti (coord.) e Geól. Cassiana Roberta Lizzoni Michelin, respectivamente; os conselheiros Geól. Marco Antônio Fontoura Hansen e Geól. Gabriel Pastl e o analista de processos, Geól. Gustavo Amorim Fernandes.

Representantes do CREA-RS

O Coordenador da Câmara Especializada de Geologia e Engenharia de Minas do Crea-BA, Pedro Lemos destacou os pleitos de interesse da Bahia discutidos no encontro. “Debatemos as decisões do Confea referentes às ARTs para pesquisa mineral e para a tabela de Obras e Serviços. O estado por ter uma das maiores reservas ainda a serem exploradas tem uma câmara e um conselho que valorizam a profissão”, afirma.

 

Wenderson Laverrier, coordenador nacional das Câmaras Especializadas de Geologia e Engenharia de Minas, destacou a hospitalidade do povo baiano e fez um balanço da reunião. “Cumprimos nossa pauta regimental e também atendemos às deliberações da CEEP. A sensação é de dever cumprido”, enfatiza.

Para o diretor do Crea-BA, geólogo Vinícius Benevides, os coordenadores puderam sentir nesses dias a receptividade do Estado que sediará a Soea em 2024.  “Discutimos aqui temas relevantes como o Risco Geológico e a Política Nacional de Defesa Civil, ambos de relevância para Geologia e Engenharia de Minas”.

Participação feminina – A primeira deputada geóloga do Brasil, Sheila Klener, é uma das duas mulheres que compõem a Coordenadoria Nacional das Câmaras de Geologia e Engenharia de Minas. Ela destacou a importância da participação feminina nas discussões que afetam às profissões do Sistema Confea/ Crea. “Faço um apelo as geólogas e engenheiras de minas para darem seus nomes às entidades e aos Creas dos seus Estados e se inserirem no contexto político, participando da tomada de decisões do sistema ou fora dele”.

Palestra – Nesta quinta-feira (30) os coordenadores terão a oportunidade de participar da palestra “Riscos Geológicos e Um Estudo de Caso”, proferida pelo Engenheiro Geólogo Eder Carlos Moreira e pelo geólogo Edival Lopes.

Em tempo – Além do evento de Geologia e Engenharia de Minas, em 2023, Salvador realizou as reuniões nacionais de Ética, Florestal, Mecânica e Industrial e Química.

Nadja Pacheco

 

Outras Notícias

NOTÍCIAS

Imagem de exemplo

Coordenadora da Geominas participa da reunião da Febrageo como MAPA

Imagem de exemplo

Conselho presente à posse da Fetag-RS

COLUNA SEMANAL

A Coluna Semanal é o newsletter encaminhado todas as sextas-feiras aos profissionais, empresários, estudantes e interessados nos temas da área tecnológica. Colunas Anteriores

FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES AGORA MESMO: