Notícia

Coordenadores estaduais apresentam balanço de gestão do CDER-RS


Créditos: Arquivo CREA-RS

Entre os dias 30 de novembro e 1 de dezembro, aconteceu o Encontro de Líderes da Base do Sistema em Bento Gonçalves, que reuniu em um mesmo evento o Seminário das Inspetorias e o Encontro das Entidades de Classe.

Na abertura do EESEC, o Eng. Civ. Jorge Luiz Köche, coordenador estadual do CDER-RS, e o Eng. Agr. Valmor Christmann, coordenador estadual adjunto do CDER-RS, apresentaram o balanço da sua gestão no biênio 2020/2021.



O engenheiro Valmor agradeceu a presença de todos os inspetores no local e destacou seu desejo por mudanças. “Que tenhamos uma carta real. Infelizmente, as cartas costumam resultar em pouco ou nada. Vamos cuidar bem da pauta desta carta para que a próxima gestão tenha condições de cobrar mudanças e avançar”, afirmou.


Após a exibição de um vídeo de apresentação da sede do CREA-RS, juntaram-se à bancada o Eng. Agr. Luiz Antonio Rossafa, chefe de gabinete do Confea, e a Eng. Amb. Nanci Walter, presidente do CREA-RS, que fez a leitura do Termo de Ratificação de Assinatura dos Termos de Colaboração de 2021, assinando, juntamente com o engenheiro Jorge Köche e o Eng. Ele. Luiz Alberto Schreiner, presidente da Associação de Engenheiros do Setor de Energia Elétrica do Estado do Rio Grande do Sul (AECEEE).


O painel prosseguiu com a apresentação dos dois coordenadores estaduais do CDER-RS. A primeira pauta foi a organização da entidade ao longo dos dois anos. As reuniões de 2020 e de 2021 da coordenadoria regional passaram a ser realizadas via videoconferência, adaptando-se ao modelo home office. O modelo também foi adotado nas palestras de capacitação destinadas aos inspetores, com o objetivo de disseminar conhecimento de áreas específicas.

No âmbito nacional, aconteceram dois encontros nacionais com os CDERs do país. “Fizemos estes encontros para conseguir equalizar os CDERs. No momento, as diferenças entre as entidades são gritantes no Brasil. Há CDER muito organizado, enquanto em outros a entidade ainda está engatinhando ou inexiste”, afirmou o coordenador estadual Jorge Köche.

O CDER-RS coordenou uma frente de trabalho e apoio ao CREA-RS junto a parlamentares gaúchos na defesa do interesse dos profissionais e da sociedade como um todo.

A pandemia influenciou, também, no insucesso da apresentação de documentação pelas entidades na chamada pública de 2019, que estendeu-se até 2020. Durante este período, apenas duas entidades submeteram sua documentação para aprovação, enquanto em 2021, com a flexibilização das restrições, esse número subiu para 38 entidades aprovadas.

Ao encerrar sua apresentação, o coordenador estadual Jorge Luiz Köche fez questão de enaltecer de agradecer aqueles que auxiliaram na sua gestão à frente do CDER-RS. “Nosso agradecimento a cada entidade que tivemos o prazer e a honra de representar durante estes dois anos. Nosso agradecimento, também, aos funcionários do CREA, que não mediram esforços para que nossas ideias tomassem forma, aos coordenadores regionais e a presidente Nanci. Por último, deixo meus votos de uma excelente gestão aos novos coordenadores”, completou.

Outras Notícias

NOTÍCIAS

COLUNA SEMANAL

A Coluna Semanal é o newsletter encaminhado todas as sextas-feiras aos profissionais, empresários, estudantes e interessados nos temas da área tecnológica. Colunas Anteriores

FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES AGORA MESMO: